Em 1957, tropas escoltam alunos negros em Little Rock, nos EUA


Alunos da escola de Little Rock, no Arkansas, são escoltados por tropas norte-americanas

Contingente de paraquedistas é despachado pelo presidente Eisenhower em 26 de setembro de 1957, a fim de permitir que estudantes negros ingressem num colégio de Little Rock emArkansas. O governador do estado, Orval Faubus, se opunha à aplicação da lei sobre a não discriminação racial que obrigava todas as escolas norte-americanas a receber as crianças negras.

O caso começou no dia 17 de setembro quando o governador mandou cercar o estabelecimento com guardas nacionais para impedir que os alunos negros entrassem. Sob pressão de Washington, terminou por ceder. Contudo, no dia 23, eram os alunos brancos que se negavam a entrar em sala de aula. Violentos confrontos entre estudantes negros e brancos eclodem. Diversos jovens afro-americanos são assassinados. O governador de Arkansas seria destituído de uma parte de seus poderes por Eisenhower.

Os Nove de Little Rock, como mais tarde vieram a ser conhecidos, eram os primeiros adolescentes negros a frequentar o Colégio Central destinado somente a alunos brancos, emLittle Rock, Arkansas, em 1957. Esses notáveis jovens estudantes negros desafiaram a segregação espraiada pelo Sul Profundo nos Estados Unidos e ganharam.

Embora a legislação federal proibisse a segregação nas escolas, muitos sistemas escolares desafiavam a lei, intimidando e ameaçando estudantes negros. O Colégio Central de Little Rock era um exemplo notório. Contudo os Nove de Little Rock estavam determinados a frequentar a escola e receber a mesma educação oferecida aos estudantes brancos.

Os fatos enveredaram porém para um caminho inquietante e ameaçador. No primeiro dia de aula, o governador de Arkansas ordenou que a Guarda Nacional do estado bloqueassem a entrada dos estudantes negros. O tumulto se alastrou quando os estudantes ousaram enfrentar os soldados armados. O presidente Eisemhower, alarmado, foi forçado a enviar tropas federais para proteger os estudantes negros.

Porém este foi apenas o início de sua terrível experiência. Todas as manhãs, a caminho da escola, turbas enraivecidas de pessoas brancas provocavam, caçoavam e insultavam os Nove de Little Rock, sendo inclusive ameaçados de morte. Um dos estudantes, Elizabeth Eckford, de 15 anos, disse: “Tentei ver algum rosto amigável em meio àquela gente. Fixei o olhar numa velha senhora, desviei o olhar por um instante, mas quando olhei para ela novamente, ela cuspiu no meu rosto”.

Embora assustados, os estudantes não iriam ceder. Diversos deles se diplomaram no Colégio Central. Os nove adolescentes negros desafiaram o sistema racista e o derrotaram.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: