Beatles se negaram a tocar em plateia segregada nos EUA


Exigências dos Beatles eram "modestas" comparadas aos dias de hoje

No próximo dia 20 de setembro, vão a leilão em Los Angeles um contrato e uma lista de exigências que revelam que os Beatles se recusaram a tocar diante de uma plateia segregada nos Estados Unidos. O ano era 1965, período em que se intensificavam a luta pelos direitos civis dos negros norte-americanos.

Nos acordos firmados para uma apresentação em Daly City, na Califórnia, há a afirmação expressa de que a banda não tocaria se houve separação racial do público, como era comum na época.

A lista de exigências também previa “no mínimo 150 policiais uniformizados para proteção” e “e uma plataforma especial” para o bateirista Ringo Starr, segundo o jornal informações do Guardian.

Os pedidos sobre as acomodações do quarteto de Liverpool, entretanto, são bem mais modestos que os de grandes artistas atualmente. O trailer da banda deveria ter “eletricidade e água”. A lista de exigências também incluía “espelhos, frigobar, TV portátil e toalhas limpas”.

A expectativa é que o leilão dos documentos, assinados pelo lendário empresário Brian Epstein, arrecade 5.000 dólares.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: