The White Stripes chega ao fim


The White Stripes

“O fim é também um começo”, Antonio Rossa.

Nós nunca sabemos exatamente quando as coisas começam, mas é fundamental perceber quando elas acabam. Perceber que o melhor passou é um tremendo exercício de desapego, por vezes confuso e dolorido, mas necessário e possivelmente esclarecedor. O incrível duo The White Stripes anunciou ontem (02) o seu fim depois de 13 anos de carreira.

Segundo o comunicado, o fim não se deu a motivos comuns no enterro de muitas bandas, como a tal da “diferença artística” ou “motivo de doença”, mas sim, segundo a banda, para preservar o que havia de bonito e especial na carreira da banda. Segundo a nota, Jack e Meg não irão mais se reunir para gravar discos ou fazer shows. A gravadora ainda lançará material inédito que sobrou dos anos de parceria, mas o indicativo é que os dois não se juntarão para shows.

Formado em 1997 (Detroit/USA) por Meg e Jack White, o duo gravou 6 importantes discos, trabalhou a palavra “conceito” como poucos e ainda deu ao mundo o talento ímpar de Jack. Deixou um belo material que certamente ecoará pelos ouvidos e olhos dos apreciadores da boa arte.

O White Stripes veio ao Brasil em duas oportunidades. Na primeira, em 2003, foi uma das atrações do Tim Festival. Na segunda, em 2005, passou por três cidades, incluindo uma apresentação histórica no Teatro Amazonas, em Manaus.

 

Chupado de rede.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: