Caras dessa idade…


Caras Dessa Idade já não lêem manuais, livro de Leonardo PançoCaras Dessa Idade Já Não Lêem Manuais é o segundo livro do jornalista Leonardo Panço, que também responde pelas 12 cordas da banda carioca de hardcore Jason. O autor iniciou em novembro sua primeira tour solo, divulgando seu mais novo rebento por todo o Brasil.

Instruções por Leonardo Panço

O livro é o seguinte. Ele se chama “Caras Dessa Idade Já Não Lêem Manuais” e tem 46 crônicas minhas escritas quase todas nos últimos dois anos. Muito pouca coisa antiga entrou e acabei eliminando 40 textos mais velhos, que achei que não tinham mais nada a ver comigo. Vou fazer algo inédito no Brasil, que é uma turnê literária. Normalmente as pessoas lançam seus livros no Rio e em São Paulo e em suas cidades natais, se não forem uma dessas.

Leonardo PançoO que vou fazer é levemente inspirado em dois americanos que vieram do Punk Rock: Henry Rollins, ex-cantor do Black Flag e há muitos anos com sua Rollins Band, e Jello Biafra, ex-cantor do Dead Kennedys e em várias bandas nos últimos tempos. Os dois têm suas próprias gravadoras, assim como eu, e fazem turnês de spoken word. O que quero não é exatamente como o deles. Vou fazer de algumas maneiras diferentes, dependendo da cidade.

No Rio de Janeiro, por exemplo, o lançamento foi na livraria Baratos da Ribeiro, em Copacabana, durante a festa “Clube do Vinil”, onde participei tocando 10 músicas de 10 vinis diferentes. Em São Paulo foi no Espaço Impróprio e teve o modelo que acontece na maior parte dos lugares, em que eu toco guitarra e diferentes pessoas vão ler partes do livro. É mais ou menos isso.

O Livro, por Carlos Fialho

Sensações. O livro de Leonardo Panço nos leva a ter muitas delas. Ele nos descreve sentimentos, lugares, pessoas e situações, mas está longe de ser uma obra descritiva (entenda-se chata). Panço delineia lugares, apresenta personagens, expressa seus sentimentos, faz suas descrições, enfim, sem nunca interromper a ação. É como se nos convidasse: “Vem comigo. No caminho, eu te conto tudo.” Seguimos com ele, sentindo suas sensações e vivendo suas histórias.

Os textos estão impregnados das boas e familiares referências que nos dão a impressão de que qualquer um de nós poderia ter escrito este livro. Estão lá Arquivo X, Laranja Mecânica, “Jacarepaguá é longe pra caramba”, “paralelas que se cruzam em Belém do Pará”, Família Soprano. Quando Panço escreve, você sabe do que ele está falando. As pequenas angústias, uma certa imprecisão e uma inconseqüência boa, mantendo um descaso deliberado com a repercussão de suas palavras, também são marcas do livro. Lendo com atenção, você vai se deparar com trechos como “Ele ainda estava com aquela sensação incômoda de não estar muito certo sobre ter feito a coisa certa. Uns dizem ser coisa do signo. Uma certa dificuldade em tomar decisões. Escolher entre isso e aquilo”.

Ele mantém um certo desdém permanente com as palavras, com as histórias, com os personagens e essa atitude é justamente a maior responsável por tudo que o livro tem de melhor. Panço escreve e flui com a naturalidade de uma narrativa segura e competente. É um escritor com total domínio de seu texto. Um texto cru, como um bom riff de guitarra, outra especialidade do líder da emblemática banda Jason.

E se o momento for oportuno para chutar um cânone, afirmo, tendenciosamente, que o início de Caras Dessa Idade Já Não Lêem Manuais rivaliza em impacto ao leitor com o primeiro parágrafo de O Estrangeiro, de Albert Camus. Pronto: já violei o túmulo e profanei o cadáver. Mas foi por um motivo justo.

Carlos Fialho é escritor.

Sobre o autor

Leonardo Panço é guitarrista tem bastante tempo, mas não sabe afinar sua Gibson SG sozinho ainda. Toca no Jason há 11 anos, lançou quatro discos no Brasil e três na Europa, sendo que um é LP, lindão. Começou em novembro sua primeira tour sozinho, divulgando seu segundo livro Caras Dessa Idade Já Não Lêem Manuais.

Compre o seu

http://www.myspace.com/leonardopanco

tamboreteboss@yahoo.com.br

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: