O garoto de lugar nenhum. O nascimento de um mito


John LennonA estréia no início de dezembro nos cinemas brasileiros o filme “Nowhere Boy” (O Garoto de Liverpool), uma cine biografia que conta a história de Jonh Lennon antes da fama. O roteiro, escrito por Matt Greenhalgh (o mesmo de Control, que narra a vida de Ian Curtis), é baseado no livro “Imagine This: Growing Up With My Brother John Lennon”, escrito por Julia Baird, meia-irmã do músico.

Cena do filme "O Garoto de Liverpool"O longa mostra a adolescência de Lennon em Liverpool, na Inglaterra, e sua relação com a tia Mimi Smith, que o criou, e a mãe Julia Lennon, com quem volta a ter contato aos 17 anos. O filme também mostra a amizade de Lennon com Paul McCartney.

Tida como autoritária, Mimi Smith (interpretada por Kristin Scott Thomas) é uma mulher prática, correta e muito séria. Ela não gosta de piadas ou brincadeiras. Ela quer que seu sobrinho tenha uma boa educação, um futuro decente. Mas acaba se tornando rígida demais com o rapaz. No auge de sua puberdade, o que Lennon quer é o que todo jovem quer: conhecer e experimentar o mundo. E o mundo acabava de sair de uma guerra e ressurgia, aos poucos, cheio de novidades.

Cena do filme "O Garoto de Liverpool"Mas Lennon não é um doidivanas. É um garoto comum, um tanto introspectivo e inseguro, que respeita a tia e entende que ela só quer seu bem. As coisas mudam quando o jovem reencontra sua mãe – que se acreditava sumida, mas que na verdade morava muito perto.

Com temperamento oposto ao da irmã, Julia Lennon (Anne-Marie Duff) é uma mulher alegre, festeira e irresponsável. Logo que reencontra o filho, o leva a uma lanchonete onde há uma Jukebox (antigas máquinas automáticas de música). Ela escolhe um rock n’ roll e dança com o filho.

Cena do filme "O Garoto de Liverpool"Para Aaron Johnson, ator que já figurou em diversos filmes e séries televisivas, mas com papéis não muito importantes, assumir seu primeiro protagonista de peso não pareceu tarefa difícil. Ele encarna com facilidade e talento um Lennon que é doce e ao mesmo tempo irritadiço.

A trama se desenrola desvendando os motivos que levaram Julia a abandonar o filho e Mimi assumir sua criação. Entre erros e acertos dos adultos, o adolescente se vê perdido e confuso. Mais que diversão, a música se revela como um desabafo para os dilemas do jovem. O filme encerra antes da Beatlemania, antes de os Beatles se transformarem num fenômeno da música pop – o nome “Beatles” sequer chega a ser citado.

Cena do filme "O Garoto de Liverpool"Dirigido pela novata Sam Taylor Wood, o longa é apenas um recorte da vida de John Lennon. É claro que toda a complexidade e genialidade de um John Lennon não caberiam em pouco mais de uma hora e meia, mas “Nowhere Boy” consegue delinear a personalidade do homem que virou mito e apontar as origens da inspiração para canções que depois seriam conhecidas por todo o planeta. O elenco e a deliciosa trilha sonora – com Jerry Lee Lewis, Chuck Berry, Elvis Presley, Buddy Holly e Bill Haley & His Comets – contribuem bastante na reconstrução dessa história.

Lamentável, como de costume, é a tradução para o português do título do filme. “Nowhere Boy” é ‘o garoto de lugar nenhum’, que procura seu lugar no mundo. A tradução, “O Garoto de Liverpool”, inverte e simplifica a idéia, tirando a dinâmica do personagem para cristalizá-lo no passado. Que foi em Liverpool que ele começou é óbvio. Mas depois disso ele conquistou o mundo.

Veja abaixo o trailer legendado, divulgado pela Imagem Filmes, distribuidora de “O Garoto de Liverpool” no Brasil:


 

Fonte: Escrito por Lizandra Pronin, da redação TDM.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: