Até amanhã, camaradas


Até amanhã, camaradasO romance “Até amanhã, camaradas” foi escrito na década de 1950 quando seu autor se encontrava na prisão e foi publicado após a Revolução dos Cravos em Portugal sob o pseudônimo de Manoel Tiago. Somente em 1994 é que se conheceu o verdadeiro autor desta obra: Álvaro Cunhal, destacado dirigente do Partido Comunista Português que dedicou sua vida ao movimento comunista português e internacional.

Até amanhã, camaradas é fruto dessa trajetória de luta do seu autor. O romance tem como pano de fundo a atividade do Partido Comunista Português, em meados dos anos de 1940, no interior do país. O trabalho de organização que o PCP realiza junto aos camponeses e operários é tratado em seus vários matizes de modo muito rico e profundo

Este livro também resgata a profunda humanidade, companheirismo e solidariedade existente entre os militantes comunistas no trabalho de organização das lutas e do partido. Esses valores se manifestam não só no trato de uns com outros, mas também no comprometimento de cada um deles com o objetivo, com a perspectiva que os impulsiona: a transformação social.

A publicação no Brasil de “Até amanhã, camaradas” tem como objetivo divulgar ao público brasileiro um romance de grande valor estético; divulgar a produção artística de um importante romancista comunista da língua portuguesa; além disso, este livro é de fundamental importância para todos aqueles que sustentam uma perspectiva de transformação da ordem estabelecida.

Aqueles que queiram adquirir o exemplar comunista, podem acessar esse link que o redirecionará até o site da editora Expressão Popular.

 

Fonte: Editora Expressão Popular.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: