O fim do Metal de arena


Rock in Rio BrasilEstádio lotado. Milhares de fãs alucinados de camiseta preta gritam, batem cabeça e fazem “air guitar”. Quem poderia estar no palco? Qual a banda de Rock ou Metal tem o poder hoje de levar, sozinha, uma verdadeira multidão ao seu show? As mesmas dos anos 1970 e 1980. Ou seja, Kiss, Metallica, Iron Maiden, Ozzy Osbourne e Rush, por exemplo.

Ainda existem as voltadas para o pop como o U2 e até os seniores como Paul McCartney. Os brasileiros conhecem bem todos esses nomes. Eles já lotaram estádios por aqui no passado, muitos vieram este ano e outros já estão reservando suas passagens novamente para 2011.

Shows do RushNão dá pra negar, no entanto, que todos os grupos já não estão mais no seu auge. Embora ainda consigam unir gerações e renovar o público de tempos em tempos, os grandes sucessos são os mesmos há muitos anos. E por mais que ainda demonstrem vigor e energia ao vivo, e continuem gravando discos, já estão em fase final de carreira. Esse tipo de banda ‘mainstream’ não existe mais. Possivelmente, a última banda com potencial para se manter gigantesca por décadas foi o Guns n’ Roses, que encerrou suas atividades prematuramente e mesmo assim consegue proezas no quesito venda de ingressos apenas com Axl Rose.

Shows do Metallica em arenaA forma de consumir música mudou e isso ajuda a explicar um pouco do fenômeno. Com o avanço da tecnologia, ficou mais fácil não só gravar discos em casa com alta qualidade, mas também colocá-los na internet, causando uma verdadeira proliferação de novas bandas, que somem com a mesma velocidade com que ficam famosas.

Shows do Kiss em arenaAtualmente, quase a totalidade dos fãs baixa uma música aqui, outra ali e dificilmente compra um CD e escuta o conjunto da obra. Os próprios músicos lançam músicas avulsas e se tornam “superstars” com apenas um hit. Mesmo no Metal, gênero conhecido pela fidelidade dos fãs, não existem novos nomes para substituir a velha guarda no que diz respeito da grandiosidade e popularidade.

Shows do AC/DC em arenaObviamente as novidades sempre atraem mais a atenção e, quando o Nu Metal surgiu nos Estados Unidos, por exemplo, bandas como Korn, Limp Bizkit, System of a Down e até o Drowning Pool conseguiam um público expressivo. Mas a “onda” já passou. Hoje, Slipknot e Disturbed ainda estão na ativa com dignidade, mas longe de ter o potencial longevo e global dos medalhões citados no início do texto.

Shows do Ozzy em arenaPara fazer eventos para as massas, os promotores de shows apostam cada vez mais em festivais ou recorrem aos antigos clássicos. Mas parece que o Heavy Metal, que entrou sem pedir licença nas rádios, na TV e nas listas dos álbuns mais vendidos há 20 anos – sendo transformado, inclusive, nos mais variados tipos de produto – tem voltado ao “underground” pouco a pouco. Embora a quantidade de shows do gênero tenha aumentado aqui no Brasil, por exemplo, eles são realizados em locais modestos, sem grande divulgação nem estardalhaço.

Quem arrebatava multidões nas décadas de 1980 e manteve certa regularidade na de 1990 ganhou status vitalício de “mainstream”. Mas com esse pessoal se aproximando da terceira idade, ou até mesmo já vivendo nela, será que dentro de alguns anos veremos o fim do “Metal de arena”?

 

Fonte: Escrito por Rafael Sartori, da redação TDM.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: