Una Gira En Sudamerica, Fabio Mozine


Una Gira En Sudamerica, Fabio MozineUna Gira En Sudamerica, o livro de Mozine – membro do fantástico Mukeka Di Rato – conta os percalços de uma turnê pela América do Sul com o Merda, seu trio de hardcore tosco. Com o talento que lhe é peculiar, o autor traça um bom (e divertido) retrato do que uma década de trabalho sério no underground constrói.

Por João Gordo

Una gira en Sudamerica é o diário de bordo de um golzinho mil lotado de muamba com chapa de Vila Velha que tem a desagradável missão de levar o conjunto de música “rock Merda” por milhares de quilômetros afora numa corajosa empreitada suicida. O objetivo é fazer uma tour pelo Brasil e América do Sul nos moldes europeus. Show todo dia, pé na estrada, “rock paulera”, muito álcool e “rango de buteco” é logicamente unir o inútil ao desagradável.

João GordoNarrado freneticamente pelo Mozine, uma figura atuante e emblemática da cena “rardecoreana” nacional o bagulho chega a ser hilário e de fácil digestão ou seja: diversão garantida para se ler “cagando”. Não sei se é porque eu conheço o cara e imagino ele contando seus causos com aquele sotaque meio baiano, meio carioca, meio mineiro que lhe é peculiar, eu rachei o bico e devorei o calhamaço rapidamente e ainda limpei a “bunda” com ele. Mas não sem antes observar as “sacações” perspicazes de sabedoria popular folcloricamente tocantes e divertidas do nosso amigo “xanfrado” que foi crucificado, morto e sepultado de cabeça pra baixo quando foi vender “merchandise” pro Ratos de Porão em alguma tour européia passada.

Desencontros, desventuras, mancadas e marcadas “pitorescas” dão uma idéia geral de como funciona a cena underground aqui pelo hemisfério sul. Com certeza, você, caro leitor, irá concordar comigo numa coisa:  coragem e disposição roqueira não são tudo, dependemos da amizade e do suporte da galera por ai afora, porque sem eles, certas loucuras como essa que esses três capixabas sem noção se meteram seriam impossíveis… Mas é claro que o mala dono da verdade, a roubada, o nabo, o “filho da puta” pilantra e a ressaca também fazem parte da empreitada – mas é somente puro equilíbrio.

Aproveitem a vida…  e sem arrependimentos…

Por Arthur Dantas

Relatos de tour são quase um gênero literário. No punk, temos como um dos maiores exemplos Get In The Van, de Henry Rollins, contando os anos de boemia podre, paranoia persecutória e violência verbal, musical e corporal por trás do Black Flag.

Arthur DantasO livro de Mozine – membro do fantástico Mukeka Di Rato – conta os percalços de uma turnê pela América do Sul com o Merda, seu trio de hardcore tosco (como se Mozine tocasse outra coisa na vida…). Com o talento que lhe é peculiar, o autor traça um bom (e divertido) retrato do que uma década de trabalho sério no underground constrói. Ou seja: quase nada!

Una Gira En Sudamerica mostra o perrengue nem tão brabo assim (quem viveu o punk nos últimos 15 anos sabe que as coisas já foram bem piores) do trio, metidos em um carro apertado, cheio de discos e materiais promocionais, fazendo shows no interior do continente, dormindo na casa da mãe de amigos, o “boicote” de punks bobos, as bebedeiras, as centenas de coxinhas frias consumidas em postos rotos na estrada e, toque autoral tratando-se de Mozine – um administrador de empresas do mundo bizarro, que trocou o escritório confortável pela ralação em um selo e a manutenção de bandas de rock podrão –, a neura com dinheiro e vendas. Como o próprio autor ironiza, “rock de comércio”.

Bem-vindo à realidade do punk nativo. Como nos melhores relatos do gênero, é possível sentir-se como um quarto membro dessa zona toda.

Una Gira En Sudamerica

Por Fabio Mozine

Läjä Records, 2009

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: