Flaming Floyd


Flaming Floyd

É perigoso mexer com os clássicos, especialmente se for algo que é quase unanimidade. Corre-se o risco de irritar os fãs, fazer algo que desagrade a crítica. Os Flaming Lips nunca tiveram muitos problemas em arriscar, mas ao se proporem a reinterpretar o clássico “The darkside of the moon”, do Pink Floyd, sabiam que mexeriam num vespeiro. Saíram-se muito bem, apesar de terem levado a sério a missão de fazer uma versão distinta do original sem descaracterizá-lo.

Lançado em 2009 nos Estados Unidos, o CD só chega no Brasil agora, com alguns meses de atraso. Além dos próprios Flaming Lips, Peaches, Henry Rollins (ex-Black Flag) e a banda Stardeath and White Dwarfs participam da revisão de um dos discos mais cultuados do rock. Vale a pena ouvir se você tem a mente aberta ou gosta da psicodelia contemporânea dos Lábios Flamejantes. Já você, fã saudosista, é melhor não chegar muito perto: pode soar como uma heresia (mas não é).

Ouça a versão de “Money”, mais arrastada do que a original e cheia de efeitos eletrônicos no Youtube pelo link http://www.youtube.com/watch?v=hHS1pi-y3Kc&feature=player_embedded.

Escrito por Diogo Rodriguez, da revista Trip.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: