Onde o rock and roll começou


Kid Vinil

Muita gente fala que gosta de rock and roll, mas sempre esquecem de suas raízes, onde tudo começou, lá na década de 50. Não custa nada lembrar um pouco dessa história, já que a primeira gravadora do gênero, a Sun Records completou 60 anos no último dia 3 de janeiro.

Nessa data, no ano de 1950, o norte-americano Sam Phillips abriu as portas do Memphis Recording Studio, no número 706 da Union Avenue, em Memphis (EUA). Mesmo com um equipamento de gravação bem precário, num lugar minúsculo, ele conseguiu mudar a cara da música americana naquela época. O slogan da gravadora era “We Record Anything, Anywhere, Anytime” (Gravamos qualquer coisa, em qualquer lugar, a qualquer hora).

Misturando o fervor do som negro do blues e do gospel do Mississipi, com o som dos brancos, hillbilly e a música country, ele conseguiu criar uma nova geração de talentos. De 1950 a 1954, a Sun Records gravou um grande número de músicos de blues que circulavam por Memphis. Por lá passaram músicos como James Cotton, B.B. King, Howlin’Wolf, Little Milton e Rufus Thomas.

No inverno de 1954 muitos dos artistas negros da Sun Records já eram famosos o suficiente para ingressarem em gravadoras dedicadas somente ao rhythm & blues. Com a saída desses músicos, Sam Phillips teve que pensar em novos caminhos para o som da Sun Records. Ele vislumbrava uma interação musical entre brancos e negros. Daí veio a ideia de unir a criatividade musical dos negros com o estilo musical dos brancos. Naquela época, isso soava como um sonho, só se Deus descesse dos céus para gerar aquela integração entre brancos e negros.

A Sun Records deu ao mundo músicos como Jerry Lee Lewis, Carl Perkins, Johnny Cash, B.B.King e Roy Orbison,, mas o sonho de Sam Philips se concretizou no dia 5 de julho de 1954, quando um jovem de 19 anos de idade chamado Elvis Presley entrou no estúdio e fez uma audição. Nessa época, ele contratou Scotty Moore e o baixista Bill Black para acompanharem Elvis. Assim que Sam Phillips ouviu o resultado final, tinha plena certeza de que aquilo seria um grande sucesso. Finalmente ele encontrou o branco que cantava e suingava como um negro. Um ano antes de fazer a audição, Elvis apareceu no estúdio para perguntar quanto custava para gravar um disco e a recepcionista Marion Keisker perguntou: “Qual é o seu estilo?”. Elvis olhou ao redor e disse: “Não parece com o de ninguém”. E foi a pura verdade, ele estava certíssimo!

Veja abaixo o vídeo (em inglês) dessa história fascinante da gravadora Sun Records, contada pelo seu criador Sam Phillips, com imagens raríssimas.

E por falar nos primórdios do rock, hoje faz 51 anos anos que morreu Buddy Holly, em um trágico acidente aéreo em Iowa. Na época, a esposa de Buddy Holly estava grávida e ele precisava levantar uma grana, então resolveu reunir seus amigos Ritchie Vallens e Big Bopper para uma turnê pelos Estados Unidos. Mais tarde, o músico norte-americano Don McLean chamou esse acidente de “O Dia em que a música morreu” em sua canção “American Pie”.

Buddy Holly morreu aos 22 anos de idade, mas deixou um legado musical que mais tarde influenciou fortemente os Beatles e os Rolling Stones, que regravaram alguns de seus clássicos como “Words Of Love” e “Not Fade Away”. Para quem gosta de Buddy Holly, uma recomendação bem interessante é a caixa/livro que saiu recentemente pelo selo Hip-O-Select (veja aqui) chamada “Not Fade Away – The Complete Studio Recordings and More”. Essa maravilha traz toda história do jovem músico e todas suas gravações de estúdio, num total de 203 músicas, um número bem expressivo para alguém que viveu tão pouco tempo.

Deixo vocês com um vídeo em homenagem a Buddy Holly, que conta em algumas frases um pouco de sua trajetória (em inglês).

Fonte: Kid Vinil, colunista do Yahoo! Brasil – http://br.noticias.yahoo.com/s/03022010/48/entretenimento-rock-and-roll-comecou.html

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: